usingtutorials.com

VOCÊ NÃO ENCONTRA O QUE PROCURA?

Use nosso mecanismo de busca e encontre tudo que você precisa

Como usar o flash

Como usar o flash da c√Ęmera

Vamos come√ßar esta discuss√£o vendo como usar o flash da camera. Quer voc√™ queira usar um flash externo ou o flash embutido em sua c√Ęmera, nas pr√≥ximas linhas voc√™ encontrar√° id√©ias √ļteis sobre os poss√≠veis usos deste acess√≥rio muito √ļtil.

Como usar o flash externo


Use o flash externo, em vez daquele embutido na c√Ęmera (sobre o qual falarei mais tarde), ele tem v√°rias vantagens. O flash externo, na verdade, pode ser orientado em v√°rias dire√ß√Ķes, possui configura√ß√Ķes que voc√™ pode personalizar ao seu gosto e pode produzir uma luz mais poderosa e intensa do que a embutida na c√Ęmera.


Todas essas caracter√≠sticas tornam o flash externo uma ferramenta extremamente vers√°til e √ļtil n√£o s√≥ para iluminar adequadamente a cena, mas tamb√©m para criar jogos de luz e sombras muito sugestivos que, por raz√Ķes √≥bvias, n√£o podem ser replicados com os flashes embutidos nas m√°quinas. .

Antes de explicar alguns usos poss√≠veis do flash externo, quero dizer que isso pode ser instalado na c√Ęmera (geralmente no Reflex, h√° o mecanismo de inser√ß√£o de slides) ou pode ser usado remotamente, sem ser instalado no corpo da m√°quina.

Uma das melhores maneiras de usar o flash externo √© orientar sua cabe√ßa em uma dire√ß√£o diferente daquela em que o assunto a ser capturado est√° localizado, de modo a rebata a luz em uma superf√≠cie (por exemplo, uma parede lateral ou teto), em vez de diretamente sobre o assunto. Dessa forma, o assunto √© atingido pelo flash de luz com menos ‚Äúviol√™ncia‚ÄĚ, o que torna as sombras ‚Äúmais suaves‚ÄĚ e menos n√≠tidas, evitando o realce dos defeitos do assunto retratado na foto.


Para ter sucesso nesta tentativa, é suficiente aponte a cabeça do flash na direção desejada e, assim que estiver pronto para fazê-lo, tire a foto. Lembre-se de que quanto mais longe a superfície for atingida diretamente pelo flash, mais difusa será a luz que, por sua vez, atinge os objetos e, portanto, mais suaves as sombras na foto que você obtém.


Normalmente, os flashes externos tamb√©m podem ser usados ‚Äč‚Äčsem serem fisicamente conectados √† c√Ęmera. Esses modelos normalmente integram uma modalidade, chamada Escravo, que permite ativ√°-los atrav√©s de outro feixe de luz (que pode ser o proveniente do flash embutido na c√Ęmera), o que os torna particularmente vers√°teis, pois podem ser posicionados no ponto da cena que permite obter exatamente o efeito desejado.

Como usar o flash embutido

Muitos fot√≥grafos profissionais desaconselhamusando o flash embutido na c√Ęmera, ou flash pop-up, e por v√°rios motivos: este tipo de flash representa uma fonte de luz muito pequena, n√£o permitindo assim iluminar adequadamente a cena. Tamb√©m n√£o √© muito potente, sua dire√ß√£o est√° alinhada com a lente (e ao iluminar o assunto de frente, "achat√°-lo") e sendo alimentado pela bateria da c√Ęmera, seu uso intensivo corre o risco de ficar sem carga muito rapidamente.

No entanto, deixe-me explicar como ligar e desligar o flash da c√Ęmera e como tentar us√°-lo da melhor maneira. Normalmente, quando a c√Ęmera est√° configurada para o modo autom√°tico (UMA), o flash √© ativado por padr√£o e n√£o pode ser desativado. Ao definir o modo manual (M), por outro lado, voc√™ pode optar por ativar ou desativar o flash integrado de vez em quando pressionando o bot√£o com o √≠cone rel√Ęmpago localizado no corpo da m√°quina.


Em rela√ß√£o √† desativa√ß√£o efetiva do flash, em muitas c√Ęmeras existe uma configura√ß√£o (ex. Flash desligado em c√Ęmeras Canon SLR), para ser usado quando voc√™ n√£o quiser usar o flash ou quando estiver em um ambiente onde seu uso √© proibido.


Se você decidir recorrer ao uso do flash embutido, apesar de suas desvantagens potenciais, você pode tentar desviar a luz emitida por este colocando um espelho de mão em correspondência com o mesmo: ao direcionar o espelho para o teto ou para uma parede próxima, você evitará "atirar" a luz diretamente no objeto.

Outro truque que você pode fazer é colocar um folha de papel branca, de forma a tornar o feixe de luz um pouco mais difuso: o que atenuará ligeiramente a presença de sombras muito nítidas no motivo do retrato.

Como usar o flash ao ar livre

Use o flash ao ar livre, portanto, em ambientes que provavelmente j√° est√£o iluminados naturalmente, pode ser muito √ļtil. O flash, na verdade, n√£o √© usado apenas para iluminar locais escuros ou mal iluminados, como alguns podem erroneamente pensar, mas tamb√©m pode ser usado em contextos claros para iluminar sombras e / ou reduzir o contraste de pleno sol.

Este tipo de uso de flash √© chamado flash de preenchimento o flash de rel√Ęmpago e, para entender melhor sua utilidade, darei um exemplo pr√°tico: digamos que voc√™ esteja tirando fotos em um dia particularmente ensolarado. Nessas condi√ß√Ķes de ilumina√ß√£o, as sombras nos rostos dos objetos a serem capturados podem ser muito pronunciadas, tornando imposs√≠vel distinguir as caracter√≠sticas faciais. Para corrigir isso, voc√™ pode ajustar manualmente a exposi√ß√£o e tentar remover algumas sombras, mas, procedendo desta forma, voc√™ corre o risco de superexpor o fundo, obtendo uma foto com o assunto corretamente exposto, mas o fundo definitivamente muito claro., se n√£o completamente branco.



Adotando a t√©cnica de flash de preenchimento, no entanto, √© poss√≠vel iluminar as √°reas sombreadas do assunto, obtendo um bom equil√≠brio entre o brilho do fundo e tamb√©m do pr√≥prio assunto. Para obter melhores resultados, √© claro, voc√™ deve se lembrar que a velocidade do obturador n√£o pode ser definida para valores mais r√°pidos do que a velocidade de sincroniza√ß√£o do flash: A abertura deve ser reduzida para compensar o aumento de brilho causado pelo uso do flash.

Como usar o flash à noite

Se voc√™ desejar use o flash √† noite, existem alguns aspectos que voc√™ deve levar em considera√ß√£o. Em primeiro lugar, quero dizer-lhe que, normalmente, o flash pode cobrir uma dist√Ęncia que varia de 3 a 10 metros. Isso significa que tirar fotos com flash para iluminar um objeto distante pode ser contraproducente.

Ao acionar o flash, de fato, a cena √© iluminada pela luz que emana deste e isso pode "enganar" a c√Ęmera, fazendo-a acreditar que estamos em condi√ß√Ķes de ilumina√ß√£o forte. Como resultado, a velocidade do obturador ser√° reduzida automaticamente pela c√Ęmera, o que ir√° gerar uma foto subexposta, para n√£o mencionar escura.

Como isso pode ser evitado? Em poucas palavras, não usando o flash e expor a foto manualmente: para fazer isso, você pode tomar algumas medidas muito simples, como aumente a velocidade do obturadorabra o diafragma e aumentar o Valor ISO (mas não exagere, caso contrário a foto obtida ficará muito "barulhenta). Se você decidir aumentar a velocidade do obturador, sugiro que você use um tripé, de modo a evitar correr o risco de esbarrar nas fotos que apresentam desfocagem ou micro-desfocagem.

Se, por outro lado, voc√™ quiser use o flash √† noite para iluminar um objeto que est√° por perto, Eu aconselho voc√™ a recorrer ausando um flash externoem vez de usar o integrado na c√Ęmera. Como j√° expliquei a voc√™ algumas linhas acima, na verdade, o flash externo permite que voc√™ oriente a sua cabe√ßa em uma dire√ß√£o diferente daquela em que o objeto a ser imortalizado est√° localizado, o que permite que voc√™ rebata a luz em uma superf√≠cie (por exemplo, uma parede lateral), em vez de diretamente sobre o assunto, tornando a cena mais interessante e evitando defeitos comuns, como o doefeito de olhos vermelhos.

Se voc√™ n√£o tem um flash externo dispon√≠vel e / ou ainda deseja use o embutido em sua c√Ęmera para iluminar assuntos pr√≥ximos, pelo menos tente evitar "atirar" a luz diretamente nos olhos dos assuntos que deseja capturar, talvez convidando-os a n√£o olharem diretamente para a lente, para evitar o efeito de olhos vermelhos (que no entanto poderia ser corrigido na p√≥s-produ√ß√£o, como expliquei a voc√™ em outro guia).

Como usar o flash manualmente

Como expliquei para você na introdução do artigo, o flash acumula, durante a recarga, uma certa quantidade de energia em um capacitor e, no momento da filmagem, ele a libera instantaneamente para iniciar o flash que deve iluminar a cena. O "segredo" para aproveitar ao máximo o flash, portanto, é dosar a quantidade de luz que ele libera.

Se voc√™ tiver um flash externo dispon√≠vel, seria aconselh√°vel use-o em modo manual, ao inv√©s do autom√°tico, para melhor ajustar sua intensidade. Obviamente, √© aconselh√°vel fazer isso em todas as situa√ß√Ķes em que voc√™ tenha a oportunidade de estudar com calma as fotos a serem tiradas: se precisar aproveitar o momento, √© melhor usar o flash no modo autom√°tico (ou TTL), para que voc√™ possa ter certeza de obter uma foto correta simplesmente configurando os par√Ęmetros de disparo da c√Ęmera. Na verdade, no modo autom√°tico, o flash calcula todos os par√Ęmetros a serem definidos automaticamente com base nas informa√ß√Ķes que pode coletar da lente.

Para usar o flash no modo manual, voc√™ deve chamar o modo em quest√£o por meio do flash: geralmente, para fazer isso, basta selecionar a letra M e entre no menu de configura√ß√£o de sa√≠da de flash. Uma vez que as opera√ß√Ķes a serem realizadas podem variar de dispositivo para dispositivo, recomendo que voc√™ leia o manual do usu√°rio para saber em detalhes como proceder.

Ao tirar a foto no modo manual com o flash, a primeira coisa que você precisa considerar é o poder do flash de luz, que deve necessariamente variar de acordo com o resultado a ser obtido. Normalmente, ao definir o flash no modo manual, você tem valores que variam de 1/1 a 1/128: o valor 1/1 indica o valor de potência máxima; o valor 1/128, por outro lado, indica o valor de potência mais baixo.

Outro valor que pode ser alterado em muitos flashes externos é olargura da parábola, que é a amplitude do feixe de luz que emana do flash, que geralmente varia entre 24 mm e 128 mm: o valor de 24 mm indica um feixe de luz muito amplo, enquanto o valor de 128 mm indica um feixe de luz muito amplo.

Em rela√ß√£o aos valores a serem definidos na c√Ęmera, relembro alguns conceitos que voc√™ faria bem em manter sempre em mente. Enquanto mant√©m a sa√≠da do flash, a sensibilidade ISO e a velocidade do obturador inalteradas, se voc√™ escolher feche a √≠ris a foto ficar√° subexposta, enquanto com a abertura totalmente aberta ficar√° superexposta. Isso significa que a sa√≠da do flash √© diretamente proporcional √† abertura e, portanto, aumenta √† medida que a abertura do diafragma aumenta.

Ao deixar a pot√™ncia do flash, o valor ISO e a abertura inalterados, no entanto, o assunto estar√° sempre corretamente iluminado, enquanto a presen√ßa de luz ambiente mudar√°, pois √© controlada pelo velocidade do obturador.

Diante do que acabamos de dizer, ao ajustar manualmente os par√Ęmetros de disparo, lembre-se sempre que ao variar a abertura, voc√™ atuar√° na quantidade de luz que atinge o objeto a ser capturado; variando a velocidade do obturador, entretanto, voc√™ atuar√° na luz ambiente.

Como usar o flash em retratos

Quanto aouso de flash em retratos, Sugiro que você siga as dicas e truques que já dei nos capítulos anteriores, para evitar fotos subexpostas ou superexpostas e para minimizar a possibilidade de erros comuns, como o relacionado ao efeito de olhos vermelhos.

A essas dicas, acrescento que ao usar o flash em fotos de grupo, é preciso ter cuidado para fazer coloque todos os assuntos no mesmo plano. Por que razão? Se os assuntos estiverem dispostos em planos diferentes, aqueles que estão mais próximos da lente serão iluminados e expostos corretamente: os que estão um pouco mais distantes, por outro lado, ficarão subexpostos e, portanto, a foto ficará praticamente inutilizável.

Como usar o flash do telefone

Voc√™ tira fotos principalmente com o telefone e, portanto, voc√™ gostaria de saber como ativar o flash integrado neste √ļltimo? Abaixo voc√™ encontrar√° explicado como fazer ambos Android de que iPhone.

Como usar o flash no Android

Se voc√™ tiver um dispositivo dispon√≠vel Android, voc√™ deve ser capaz de gerenciar as configura√ß√Ķes relacionadas ao uso do flash diretamente do aplicativo c√Ęmera. Para prosseguir, portanto, inicie este √ļltimo em seu smartphone, toque no √≠cone rel√Ęmpago na parte superior (em alguns dispositivos, voc√™ deve primeiro tocar no s√≠mbolo doengrenagem, para expandir o menu que cont√©m o √≠cone em quest√£o).

Neste ponto, voc√™ s√≥ precisa prestar aten√ß√£o ao s√≠mbolo que aparece no √≠cone do rel√Ęmpago: se n√£o houver s√≠mbolo, significa que o flash est√° ativo; se o s√≠mbolo est√° presente (UMA), significa que o flash autom√°tico est√° ativo e o sistema operacional decidir√° se ativa o flash ou n√£o, enquanto o s√≠mbolo de proibi√ß√£o indica que o flash est√° desligado.

Agora, depois de ativar o flash, basta pressionar bot√£o do obturador colocado na parte inferior central para tirar a foto e ilumin√°-la emitindo o flash de luz gerado pelo flash.

Como usar o flash no iPhone

Voc√™ tem um iPhone e gostaria de saber como ativar o flash neste √ļltimo? Novamente, voc√™ pode fazer isso com muita facilidade. Primeiro inicie o aplicativo c√Ęmera, toque no s√≠mbolo de rel√Ęmpago no canto superior esquerdo e, no menu que √© aberto, selecione uma das op√ß√Ķes dispon√≠veis: Autom√°tico, se desejar definir o flash autom√°tico e deixar que o sistema operacional decida quando ativ√°-lo; Sim, se voc√™ deseja mant√™-lo sempre ativo ou N√£o, se voc√™ quiser desativ√°-lo.

Então pressione botão do obturador colocado na parte central inferior da tela, para tirar a foto e iluminá-la graças ao flash embutido no seu "iPhone da", e é isso.

Como usar o flash

√Āudio v√≠deo Como usar o flash
Como usar o iPhone X ❯
Adicione um coment√°rio a partir de Como usar o flash
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.