usingtutorials.com

VOCÊ NÃO ENCONTRA O QUE PROCURA?

Use nosso mecanismo de busca e encontre tudo que você precisa

Como usar o VirtualBox

Informação preliminar

Antes de agir e ver o concreto como funciona o VirtualBox, Creio ser correto deixar claros alguns conceitos que podem ser √ļteis para voc√™ no decorrer deste guia.

Em primeiro lugar, como j√° mencionado, um m√°quina virtual nada mais √© do que um computador "virtualizado" atrav√©s de um programa espec√≠fico (como no VirtualBox) dentro de um dispositivo f√≠sico: este sistema permite usar v√°rios sistemas operacionais ao mesmo tempo e limitar as altera√ß√Ķes aplicadas apenas na m√°quina virtual. Em outras palavras, quaisquer altera√ß√Ķes feitas na m√°quina virtual n√£o podem afetar a m√°quina f√≠sica de forma alguma.



Os componentes da m√°quina virtual (disco r√≠gido, CPU, mem√≥ria RAM e assim por diante) s√£o, na verdade, arquivos simples, criados e destru√≠dos conforme necess√°rio pelo programa que os gerencia. √Č poss√≠vel configurar cada m√°quina virtual de acordo com suas necessidades, configurando detalhadamente tanto o aspecto de hardware quanto de software: ou seja, √© poss√≠vel configurar uma m√°quina virtual para utilizar um determinado n√ļmero de CPUs virtuais, uma quantidade espec√≠fica de virtuais RAM (geralmente menos da metade do dispon√≠vel no computador f√≠sico), um disco virtual de tamanho espec√≠fico e, em geral, voc√™ pode faz√™-lo usar os dispositivos de entrada / sa√≠da presentes no f√≠sico (por exemplo, o CD player, as portas USB e assim por diante).

Como mencionei anteriormente, voc√™ pode escolher o sistema operacional a ser instalado em uma m√°quina virtual e execut√°-lo dentro do que voc√™ j√° possui: o sistema operacional instalado no computador f√≠sico, neste caso, √© denominado sistema operacional host, enquanto o instalado na m√°quina virtual √© chamado sistema operacional convidado.

Como instalar o VirtualBox

Agora que você sabe o que são as máquinas virtuais, finalmente é hora de começar a trabalhar e começar com a instalação real e VirtualBox. Como mencionei anteriormente, o VirtualBox é um programa gratuito e de código aberto disponível para Windows, macOS e Linux, que pode ser baixado gratuitamente da Internet.



Portanto, para come√ßar, acesse o site da Virtualbox e clique no link que melhor se adapta ao seu sistema operacional (por exemplo, Hosts Windows), colocado imediatamente sob o t√≠tulo Pacotes da plataforma VirtualBox xyz. Assim que esta opera√ß√£o for conclu√≠da, inicie o arquivo que voc√™ acabou de baixar: se voc√™ estiver em Windows, pressiona o bot√£o quatro vezes para a frente, ent√£o nos bot√Ķes Sim Instalar.

Neste ponto, clique no bot√£o Sim colocado na janela de aviso do Windows, aguarde alguns minutos para que o procedimento seja conclu√≠do e pressione o bot√£o final para iniciar o programa imediatamente.

Se voc√™ tiver o sistema operacional em vez disso MacOS, depois de iniciar o arquivo de configura√ß√£o baixado, clique duas vezes no √≠cone VirtualBox.pkg (em forma de caixa cheia aberta) e, em seguida, pressione o bot√£o duas vezes Continuando, ent√£o no bot√£o Instalar, digite a senha administrativa quando solicitado, pressione a tecla Transmiss√£o no teclado e, em seguida, pressiona os bot√Ķes OK, perto N√£o se mexa.

Neste ponto, abra o Impostazioni di system clicando no √≠cone de engrenagem localizado no Dock, clique no √≠cone Seguran√ßa e Privacidade, ent√£o no bot√£o permitir em correspond√™ncia com a reda√ß√£o O software do sistema foi impedido de carregar pelo desenvolvedor "Oracle America, Inc.": uma vez feito isso, voc√™ pode iniciar o programa diretamente da pasta Aplica√ß√Ķes do Mac, de Launchpad ou a partir de Holofote.


Assim que a opera√ß√£o de instala√ß√£o do programa for finalizada, recomendo que voc√™ instale o Pacote de extens√£o VirtualBox para adicionar funcionalidades interessantes ao gerenciador, como suporte para dispositivos USB 2.0 e USB 3.0 e criptografia de disco: para fazer isso, acesse novamente a p√°gina de download do programa, clique no link Todas as plataformas suportadas colocado imediatamente abaixo do t√≠tulo Pacote de Extens√£o VirtualBox xyz Oracle VM VirtualBox, inicie o arquivo que voc√™ acabou de baixar e pressione o bot√£o Instalar e siga as instru√ß√Ķes na tela para concluir o procedimento.


Como usar o VirtualBox

Agora que você instalou o programa em seu computador, finalmente é hora de criar uma máquina virtual para iniciar seus experimentos imediatamente: a partir de agora, irei me referir a VirtualBox sendo executado em um sistema operacional Windows, no entanto, as etapas mostradas são virtualmente idênticas no macOS e no Linux também.

Crie uma m√°quina virtual

O primeiro passo √© "construir" um computador virtual que possa hospedar o sistema operacional convidado que voc√™ deseja: para iniciar o processo de cria√ß√£o, pressione o bot√£o Novo localizado no canto superior esquerdo, digite o Nome que voc√™ deseja atribuir √† sua m√°quina virtual (por exemplo, Ubuntu 17.10) na caixa apropriada e, em seguida, selecione o tipo (Com art. Linux) E o vers√£o (Com art. Ubuntu 64 bits) do sistema operacional que voc√™ pretende instalar a partir dos menus suspensos apropriados e clique no bot√£o Depois.

A próxima tela permite que você escolha a quantidade de memória RAM para atribuir à máquina virtual: tendo sempre em mente os requisitos mínimos do sistema operacional que pretende instalar, mova oindicador para a direita ou para a esquerda, até que a quantidade de RAM desejada seja alcançada (se desejar, você pode digitar o tamanho exato na caixa de texto anexada à janela).


Aconselho voc√™ a n√£o alocar muita RAM para sua m√°quina virtual, pois isso poderia resultar no congelamento total do computador real: em geral, voc√™ n√£o deve alocar mais de 60% da RAM f√≠sica √† sua disposi√ß√£o, conforme indicado no barra colorida exibida na tela (a parte verde √© aquela que pode ser atribu√≠da sem risco de repercuss√£o). Uma vez que a quantidade desejada de RAM foi definida, pressione o bot√£o Depois.


A pr√≥xima tela permite que voc√™ adicione um novo disco r√≠gido virtual √† sua m√°quina: coloque a marca de sele√ß√£o ao lado do item Crie um novo disco r√≠gido virtual agora e aperta o bot√£o Crea para acessar imediatamente a tela de cria√ß√£o.

Coloque a marca de sele√ß√£o ao lado do item VDI, pressiona o bot√£o Depois, marque a caixa ao lado do item Alocado dinamicamente e clique no bot√£o novamente Depois, defina o tamanho do seu disco virtual usando o cursor dedicado (ou digite o tamanho na caixa ao lado), pressione o bot√£o Crea para adicionar o disco e criar imediatamente a m√°quina virtual e √© isso: voc√™ est√° finalmente pronto para prosseguir com a instala√ß√£o de um novo sistema operacional convidado!

Instale um sistema operacional

Depois de criar uma nova máquina virtual, é finalmente hora de animá-la com um sistema operacional. A instalação de um sistema operacional convidado não é difícil, pelo contrário: o procedimento é praticamente idêntico ao que você usaria em um computador real!

A √ļnica diferen√ßa, neste sentido, diz respeito √† m√≠dia de instala√ß√£o: em rela√ß√£o √† m√°quina virtual, de fato, voc√™ n√£o precisa criar DVDs ou pendrives contendo o material a ser instalado, mas pode simplesmente usar o arquivo ISO mais adequado.

Ent√£o, antes mesmo de continuar, a primeira coisa que voc√™ precisa fazer √© obter oImagem ISO relacionado ao sistema operacional que voc√™ escolheu instalar: se voc√™ pretende baixar o arquivo relacionado a janelas 10, por exemplo, voc√™ pode tirar proveito da ferramenta oficial da Microsoft sobre a qual falei em meu tutorial espec√≠fico, sempre lembrando de ter uma Chave de Produto v√°lida em m√£os para inserir quando solicitado.

Se voc√™ pretende instalar o Ubuntu, recomendo que consulte a se√ß√£o Como fazer o download do Linux presente no guia de instala√ß√£o do meu sistema operacional; se voc√™ n√£o pretende instalar o Ubuntu, mas est√° procurando uma distribui√ß√£o Linux para experimentar, convido voc√™ a verificar meu guia com as melhores distribui√ß√Ķes Linux.

Depois de baixar a ISO mais adequada para o sistema operacional que pretende instalar em seu computador, acesse a tela principal do VirtualBox, selecione a m√°quina virtual criada anteriormente com um clique do mouse e pressione o bot√£o Come√ßo (a seta verde apontando para a direita) localizada na parte superior: ap√≥s alguns segundos, ser√° exibida a janela que permite carregar o ISO de instala√ß√£o do sistema operacional convidado na m√°quina virtual.

Uma vez na tela mencionada, clique no √≠cone em forma de pasta amarela ao lado do menu suspenso e, usando o painel apropriado, selecione a imagem ISO do sistema operacional baixado anteriormente, pressione o bot√£o Apri e ent√£o no bot√£o Come√ßo: ap√≥s alguns segundos, a m√°quina virtual iniciar√° o processo de instala√ß√£o do sistema operacional escolhido.

Como j√° expliquei anteriormente, tudo o que voc√™ precisa fazer √© seguir as instru√ß√Ķes mostradas na tela, que s√£o absolutamente id√™nticas √†s que voc√™ veria durante uma instala√ß√£o "real" do sistema operacional: se precisar de mais detalhes ajuda nas instala√ß√Ķes do Windows ou Ubuntu, voc√™ pode consultar meus guias sobre como instalar o Windows 7, como instalar o Windows 10 e como instalar o Ubuntu.

Durante a instala√ß√£o do sistema operacional convidado, e por toda a sess√£o de uso da m√°quina virtual, o mouse pode ficar "preso" na tela do VirtualBox, impedindo-o de utilizar o sistema operacional host instalado em seu computador: para sair desta situa√ß√£o e solte o mouse, basta pressionar o Chave de host do VirtualBox, que por padr√£o √© o bot√£o CTRL direito do teclado.

Assim que o procedimento de configura√ß√£o estiver conclu√≠do, voc√™ pode usar seu sistema operacional virtual exatamente como faria em um computador "f√≠sico": cada m√°quina virtual pode ser iniciada pressionando o bot√£o Come√ßo na tela principal do VirtualBox, e deve ser desligado usando o procedimento fornecido pelo sistema operacional (por exemplo, Iniciar> bot√£o Parar> Desligar o sistema para Windows). Se desejar, voc√™ pode expandir sua m√°quina virtual para tela inteira pressionando a combina√ß√£o de teclas Host + F.

Instale o Guest Additions

A pr√≥xima etapa ap√≥s instalar o sistema operacional convidado em uma nova m√°quina virtual envolve o Adi√ß√Ķes de Clientes: em suma, s√£o alguns add-ons fornecidos pelo VirtualBox capazes de implementar recursos adicionais na m√°quina virtual ativa, como a acelera√ß√£o 3D (essencial para a correta renderiza√ß√£o gr√°fica de algumas interfaces), o compartilhamento bidirecional de notas e pastas no host sistema.

Instalar o Guest Additions √© realmente simples: primeiro, inicie a m√°quina virtual na qual voc√™ pretende instal√°-los e aguarde at√© que o sistema operacional seja totalmente carregado (em outras palavras, aguarde at√© que a √°rea de trabalho apare√ßa) e, em seguida, pressione o menu Devices e selecione o item Insira a imagem do CD do Guest Additions ... no menu exibido.

Ap√≥s alguns segundos, o sistema operacional convidado detectar√° a inser√ß√£o de um novo CD ROM: se necess√°rio, confirme que deseja executar seu conte√ļdo e siga as instru√ß√Ķes na tela da m√°quina virtual para concluir a instala√ß√£o. Assim que a configura√ß√£o for conclu√≠da, recomendo que voc√™ reinicie o sistema operacional convidado para que as altera√ß√Ķes tenham efeito.

Se você ativou a visualização em tela inteira, pode chamar a barra de menu do VirtualBox posicionando o mouse na borda central inferior da tela exibida.

Nota: a virtualiza√ß√£o de sistemas operacionais macOS / OS X n√£o √© oficialmente suportado pelo VirtualBox, j√° que esses sistemas operacionais s√£o projetados para funcionar apenas em hardware da marca Apple. Por esse motivo, as Adi√ß√Ķes de Convidados n√£o est√£o dispon√≠veis para esses sistemas convidados.

Gerenciar configura√ß√Ķes de m√°quina virtual

Voc√™ percebeu que n√£o alocou RAM suficiente para sua m√°quina virtual, deseja dar um novo nome a ela ou instalou o Guest Additions e deseja ativar a acelera√ß√£o gr√°fica? Voc√™ pode fazer tudo isso usando o pr√°tico gerenciador de configura√ß√Ķes do VirtualBox.

Em primeiro lugar, se necess√°rio, desligue a m√°quina virtual na qual pretende intervir, selecione-a com um clique do mouse no painel esquerdo da tela principal do programa e pressione o bot√£o Configura√ß√Ķes localizado na parte superior: a pr√≥xima tela est√° dividida em se√ß√Ķes, cada uma das quais permite intervir sobre um aspecto diferente da m√°quina virtual, como explicarei a seguir.

  • Geral - permite que voc√™ altere o nome e o tipo da m√°quina virtual, a vers√£o do sistema operacional a ser hospedado e aspectos adicionais como sua descri√ß√£o e a pasta de salvamento de instant√Ęneos.
  • Sistema - permite intervir no hardware virtual da m√°quina, definindo a quantidade de RAM a ser utilizada, a ordem dos dispositivos de boot, o chipset, detalhes sobre o BIOS, o n√ļmero de processadores virtuais e outros detalhes sobre virtualiza√ß√£o.
  • Tela - a partir daqui √© poss√≠vel definir o n√ļmero de telas virtuais a serem utilizadas, a quantidade de mem√≥ria de v√≠deo e a acelera√ß√£o 2D / 3D.
  • arquivamento - esta se√ß√£o permite adicionar novos controladores e dispositivos de armazenamento virtual (discos r√≠gidos e leitores de CD / DVD) e modificar os existentes.
  • Audio - nesta tela √© poss√≠vel definir os par√Ęmetros relativos ao √°udio da m√°quina virtual.
  • rede - a partir daqui √© poss√≠vel adicionar novas placas de rede virtual, modificar as existentes, ativar interfaces com NAT ou Bridge ou desativar completamente a rede.
  • Portas seriais - esta tela permite criar portas seriais virtuais (COM) e adicion√°-las √† m√°quina relevante.
  • USB - a partir daqui, voc√™ pode ativar ou desativar o suporte para controladores USB, definir seu tipo e filtr√°-los por dispositivo.
  • Pastas partilhadas - a partir daqui, voc√™ pode adicionar, remover ou modificar pastas compartilhadas entre o sistema host e o sistema convidado.
  • Interface do usu√°rio - permite que voc√™ altere a tela do gerenciador da m√°quina virtual atual.

Embora as configura√ß√Ķes sejam relativamente simples de entender, aconselho voc√™ a n√£o fazer nenhuma altera√ß√£o sobre a qual n√£o tenha certeza, pois isso pode inutilizar a m√°quina virtual em quest√£o.

Para superar essa desvantagem, recomendo que voc√™ exporte o aplicativo virtual antes de fazer altera√ß√Ķes que considere "arriscadas", para que possa restaur√°-lo caso algo d√™ errado: expliquei como fazer isso mais tarde neste guia.

Compartilhe dispositivos, pastas e notas

Embora a máquina virtual seja uma entidade separada do sistema operacional instalado no computador e dos dispositivos físicos que possui, é possível, a pedido, compartilhar dispositivos, pastas e notas para simplificar o trabalho: por exemplo, é possível conecte um dispositivo USB físico ao computador e use-o por meio da máquina virtual ou use copiar / colar entre os sistemas operacionais convidado e host como um só.

Antes de prosseguir, por√©m, quero fazer um esclarecimento importante: o altera√ß√Ķes feitas por meio da m√°quina virtual para dispositivos externos est√£o em vigor, e n√£o pode ser desfeito. Para dar um exemplo, iniciar a formata√ß√£o de um stick USB atrav√©s da m√°quina virtual apagar√° seriamente todos os dados nele contidos, sem a possibilidade de desfazer a opera√ß√£o.

Feito este esclarecimento necess√°rio, √© hora de entender como proceder: primeiro, inicie a m√°quina virtual completamente at√© ver a √°rea de trabalho do sistema operacional e clique no menu Devices colocado no topo. Se voc√™ pretende conectar dispositivos f√≠sicos conectados ao computador √† m√°quina virtual, mova o mouse sobre um dos itens Leitores √ďticos (para CD / DVD), USB (para dispositivos USB) ou Webcame clique no dispositivo que deseja conectar.

Quanto ao compartilhamento de arquivos e pastas, sempre a partir do menu Devices, selecione os itens Pastas compartilhadas> Configura√ß√Ķes de pastas compartilhadas ..., clique no √≠cone pasta com o s√≠mbolo + localizado √† direita, clique na seta para baixo ao lado da caixa Caminho para a pasta, pressiona a voz Mais e selecione a pasta em seu computador que deseja compartilhar.

Se desejar, voc√™ pode compartilh√°-lo no modo Somente leituramonte-o automaticamente na inicializa√ß√£o ou torn√°-lo permanente no sistema convidado, marcando as caixas apropriadas: depois de concluir as configura√ß√Ķes necess√°rias, pressione duas vezes em OK e, por seguran√ßa, reinicie o sistema operacional virtual.

Por fim, voc√™ pode ativar o compartilhamento de notas acessando novamente o menu Devices, no item Notas compartilhadas. Voc√™ tem quatro op√ß√Ķes diferentes: a op√ß√£o Desabilitado impede o compartilhamento da √°rea de transfer√™ncia, de Convidado para o anfitri√£o permite que voc√™ copie da m√°quina virtual e cole no sistema operacional host, de Anfitri√£o para Convidado permite que voc√™ fa√ßa o inverso, e Bidirecional permite que voc√™ fa√ßa ambos.

Exportar e importar aplicativos virtuais

Se voc√™ chegou at√© aqui, significa que possui todo o conhecimento necess√°rio para criar e gerenciar uma m√°quina virtual da melhor maneira poss√≠vel. Antes de deix√°-lo, no entanto, gostaria de abordar uma quest√£o particularmente importante com voc√™: o de backup.

O VirtualBox, na verdade, permite que voc√™ importar e exportar aplicativos virtuais (ou seja, m√°quinas virtuais completas com configura√ß√Ķes e dispositivos relacionados) para facilitar a transfer√™ncia de m√°quinas virtuais de um computador para outro ou, por que n√£o, para criar periodicamente c√≥pias de backup para restaurar se algo der errado.

Exportar uma aplica√ß√£o virtual √© muito simples: na tela principal do VirtualBox, aquela que cont√©m a lista de m√°quinas virtuais, selecione o menu Envie o e ent√£o a voz Exportar aplicativo virtual ....

Na nova tela que aparece, clique no nome da m√°quina virtual a exportar da lista proposta, pressione o bot√£o Depois, selecione o caminho para salvar o aplicativo clicando no √≠cone em forma de pasta com seta colocado ao lado da caixa Envie o (certifique-se de especificar a extens√£o .ova ao lado do nome do arquivo), escolha a op√ß√£o Formato aberto de virtualiza√ß√£o 1.0 no menu suspenso Formato, clique no bot√£o novamente Depois e finalmente no bot√£o Exportar- Ap√≥s alguns minutos, o arquivo do aplicativo virtual √© criado no local especificado.

Importar um aplicativo virtual √© t√£o simples: selecione o menu Arquivo> Importar aplicativo virtual ..., pressiona o bot√£o em forma de pasta amarela com seta colocado na pr√≥xima janela, selecione o arquivo do aplicativo virtual para restaurar, pressione o bot√£o duas vezes Depois e finalmente no bot√£o importa√ß√£o: O procedimento pode levar at√© dez minutos, dependendo da complexidade da m√°quina virtual importada.

Como usar o VirtualBox

√Āudio v√≠deo Como usar o VirtualBox
Como usar o Discovery + ❯
Adicione um coment√°rio a partir de Como usar o VirtualBox
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.